Sri Siksastaka

senhorcaitanya

Oito instruções maravilhosas

Sri Sanmodana Bhasyam por Srila Bhaktivinoda Thakura

Verso 7

Quais são os sintomas internos da perfeição?

Yugayaitam nimesena caksuka pravrsayitam

sunyayitam jagat sarvam govinda virahena me

Tradução: “Ó sakhi! Em separação de Govinda, eté um momento parece para mim como um milênio. Lágrimas começam a cair dos meus olhos como a chuva das nuvens e esse mundo inteiro para mim parece vazio.”

Desenvolvimento de priti de rati até mahabhava

Continuação…

Mana:

É descrito com as seguintes palavras: “quando a concepção do devoto em ser extremamente querido pelo Senhor provoca pranaya (sentimento excepcional de intimidade) para assumir uma aparência fraudulenta e desta forma alcançar uma forma supreendente e incomum é conhecido como mana. Quando mana está presente até mesmo Bhagavan fica com medo e cheio de amor devido ao pranaya kopa do Seu amado.

[Devemos nos lembrar que Krsna é o único desfrutador, o único ser masculino absoluto. Todas as demais entidades vivas são desfrutadas por Ele e portanto são seres femininos em termos absolutos. (N.T)]

O termo pranaya kopa significa ira cheia de afeição. Quando a amada de Krsna exibe mana Ele é compelido a apaziguá-la somente para saborear o sentimento amoroso de ira que surgiu devido a uma desavença amorosa. As palavras priattva-atsaya-abhymana literalmente significa o egoísmo de ser muito querido por Krsna. Este sentimento faz com que a heroína pense: “ Meu amor por Ele é tão grande que não tem limite. Ele está sobre o controle do meu prema.” É devido a esse tipo de abhimana que pranaya exibe externamente um aspecto fraudulento que é discriminado com as palavras kautilya-abhasa. Essa fraudulêcia por sua vez faz com que o pranaya atinja um estado mais surpreendente, bhava-vaititri,que é então conhecido como mana. No Ujjavala-nilamani (15.74) os sintomas de mana são descritos da seguinte maneira:

“Apesar do amante e do amado estarem juntos no momento, apesar de estarem profundamente apegados um ao outro e apesar de no íntimo eles desejarem se abraçar se contemplarem e trocarem palavras afetuosas, o sentimento que os impede de fazer isso é chamado de mana”.

Se falta afeição , se o amante e a amada não estão juntos no momento ou se não há desejo de abraçar, então não há nada de surpreendente, mas em mana todas estas três condições estão presentes. E ainda sim a troca amorosa que ambos desejam não ocorre. Isso é bhava vaititri não há diminuição do apego íntimo devido a presença do pranaya.

Sneha:

Somente o prema que derrete o coração de uma maneira abundante é chamado sneha, devido o aparecimento de sneha até o mínimo contato com o amado provoca lágrimas em grande profusão. A pessoa nunca fica saciada em contemplar o amado e apesar de Sri Krsna ser supremamente competente, o devoto fica apreensivo.

yasoda

Srila Visvanatha Cakravarti Thakura explica no seu comentário que é bem sabido que as pessoas vão ao local sagrado de Prayaga apenas com desejo de receber um darsana de Bhagavan. Mas Yasoda apesar de tomar o seu banho não estava anciosa por um darsana de Bhagavan. Ela desejava apenas ver a face do seu filho Sri Krsna. Os sintomas das correntes de lágrimas, leite fluindo dos seios dela e um desejo incontrolável de ver o seu filho são todos característicos de sneha em vatsalya-rasa.

Raga:

Sneha que está dotado com uma saudade intensa. Devido ao aparecimento de raga, até mesmo um momento de separação do amado é intolerável. No encontro grande tristeza aparece como felicidade, enquanto na separacão é exatamente ao contrário. (isto é grande felicidade se torna uma fonte de aflição isuportável).

“Lalita acompanhada pelas amigas viu Srimati Radhika de longe saboreando o raga de Radha. Lalita disse para as amigas: Ó shakis vejam só! É meio dia no pico de verão. O solo de Govardhana é enrrugado e irregular e em alguns locais as pedras são tão afiadas quanto espadas. As pedras estão como carvões em brasa a essa hora do dia devido ao calor intenso do sol. Apesar de, Srimati Radhika de pé no cume de Gri Govardhana estar experimentando uma dor isuportável. Ela está imersa no oceano de bem aventurança, por contemplar Krsna que está ali perto muito feliz pastoreando as vacas, rodeado por seus amigos vaqueirinhos. Absorta na bem aventurança de ver Krsna, para Ela é como se os Seus pés de lótus estivessem sob uma cama de macias pétalas de lótus e dessa maneira Ela não está se movendo nenhum centímetro.”

Nesse exemplo de dor resultante do contato com calor extremo, pedras pontiagudas, é experimentada uma felicidade por se contemplar Krsna. Isso é um sintoma de raga.

GLOSSÁRIO

Varaha purana: um dos seis puranas da modalidade da bondade.

Vantasi: “vanta” significa vômito e “tasi comedor”. Aquele que depois de aceitar sannya busca de novo o desfrute dos sentidos é chamado vantasi.

KALAYANA KALPATARU Sanbandha abhidheya prayojana (2,8)

krsna e radharani

“Senhor Krsna é o único desfrutador e e Srimati Radharani é a desfrutada. Ambos são moradas de felicidade transcedental, como é o reino transcedental Sri Vrindavana.

FRASE DO DIA Sri Sridhara Maharaj

Você deve se associar com as pessoas que você tem admiração.”

SESSÃO ACHARYA Om visnu pad Srila B.A. Paramadvaiti Maharaja

GM2

Amor significa muito trabalho e dificuldade, um novo devoto no templo significa mais problemas.”

O êxtase do amor vem com problemas se você não quer problemas você não quer amar.”

RECORDAR

Explique a analogia entre o oleiro e a energia material”.

Vaso-de-Barro

Um oleiro fabrica um vaso de barro. O torno do oleiro, suas ferramentas e o próprio oleiro são as causas remotas do vaso. Mas o oleiro é a causa principal. Analogamente Narayana é a causa principal da criação material e a energia material fornece os ingredientes da matéria.

SRIMAD BHAGAVATAM (1,12, 28-30)

Explique como os brahmanas acabaram de descrever as qualidades de Yudhisthira e fale sobre os significado da palavra Parikshit.

Parikshit ao ouvir sobre sua morte que seria causada pela picada de uma serpente alada enviada por um brahmana se livraria por completo do apego material e se renderia a Krsna. E após perguntar sobre o conhecimento apropriado ao filho de Vyasadeva ele alcançaria uma vida de destemor. A palavra Parikshit significa o examinador porque ele viria para examinar todos os seres humanos, em busca daquela personalidade que veio antes do seu nascimento.

Comments are closed.