Baghavad Gita

Visvarupa

Capítulo 11

Verso 42

sakheti matvā prasabham yad uktam

he kṛṣṇa he yādava he sakheti

ajānatā mahimānam tavedam

mayā pramādāt pranayena vāpi

yac cāvahāsārtham asat-kṛto ‘si

vihāra-śayyāsana-bhojanesu

eko ‘tha vāpy acyuta tat-samaksam

tat ksāmaye tvām aham aprameyam

Colocando-O na posição de amigo, sem sequer conhecer Suas glórias, dirigi-me a Você com as seguintes palavras imprudentes: “Ó Krishna, Ó Yadava, Ó meu amigo! Por favor, perdoa tudo que eu possa ter feito por loucura ou por amor. Quantas vezes O desonrei brincando, enquanto nos descontraíamos, deitávamos na mesma cama, sentávamos ou comíamos juntos, ás vezes a sós e outras vezes diante de muitos amigos. Ó infálivel, por favor, perdoa todas essas minhas ofensas!”

Comentário Prakasika-Vrtti:

Árjuna esqueceu sua relação amistosa natural com Sri Krishna quando o aisvarya-jnana surgiu Nele ao contemplar a supramente majestosa visvarupa de Sri Krishna, o qual é a uma manifestação de sua vibhuti.

Verso 45

adṛṣṭa-pūrvaṁ hṛṣito ‘smi dṛṣṭvā
bhayena ca pravyathitaṁ mano me
tad eva me darśaya deva rūpaṁ
prasīda deveśa jagan-nivāsa

“Ó Deva! Depois de ver tua forma Universal nunca antes vista estou assombrado. Estou tomado por felicidade, porém minha mente está muito perturbada pelo temor. Ó Deus dos deuses, mostra-me novamente tua forma de quatro braços. Ó Jagan-nivasa, refúgio do universo, concede-me Tua graça.”

Comentário Bhavanuvada:

Árjuna disse “Me sinto alegre de ver a forma universal que jamais havia sido vista. Porém ao mesmo tempo minha mente se enche pelo temor produzido pelo seu terrível aspecto. Por favor mostra-me de novo sua forma Vasudeva Nanda o qual é o pináculo da douçura e milhões de vezes mais querida para mim que minha própria vida (…)”

É importante assinalar que quando Árjuna contemplava a forma universal não podia ver a forma humana original de Krishna, a qual estava coberta por yoga maya.

arjuna e krishna

Comentário Prakasika-vrtti:

Sri Krishna é asamorddhva-tattva, ninguém é igual ou maior do que Ele. Sri Bhagavam afirma:

mamaham evabrirupah kaivalyad

(Srimad Bhagavatam 5.3.17).

Eu sou Advitya Purusa, o único sem igual. Somente Eu sou igual a Mim, não há ninguém igual a Mim, muito menos superior.”

na tat samas cabhyadhiakas ca drsyate

O Senhor não tem nenhum dever a que executar, não existe nenhuma pessoa maior ou igual a Ele.”

(Svetasvatara Upanishad 6.8).

krsnera svarupa vicara suna, sanatana

advaya-jnana-tattva, vraje vrajendra-nandana

Ó Sanatana, escuta a respeito do svarupa eterno de Senhor Krishna por favor. Ainda que Ele é a Verdade Absoluta não dual, está eternamente presente em Vrindavana como filho de Nanda Maharaj.” (Caitanya- Caritamrta, Madhya-lila 20.152)

O poder de Sri Krishna é incomensurável, Ele é o pai venerável e o guru original de todos os seres móveis e imóveis. Ele é a única e suprema realidade venerável para as jivas, por isso Árjuna lhe oferecia reverências. Neste mundo o pai não leva a sério as falhas do filho, as do amigo ou amante da amada. Tu és Sri Baghavam e ainda sim sente prazer na relação em sakya, vatsalya e madhurya rasa. Por tua misericórdia sempre lhes corresponde, ainda que meu comportamento anterior não era impróprio desde a perspectiva da nossa relação eterna em sakya-bhava, parece sim o era quando se considera suas glórias e seu tattva.”

Verso 46

kirīṭinaṁ gadinaṁ cakra-hastam
icchāmi tvāṁ draṣṭum ahaṁ tathaiva
tenaiva rūpeṇa catur-bhujena
sahasra-bāho bhava viśva-mūrte

Desejo ver sua forma decorada com um elmo na cabeça, com a maça, disco, búzio e flor de lótus em suas mãos. Ó sahasra baho! Ó Visvamurti, forma universal! Por favor mostra-me de novo a forma de quatro braços.”

Comentário Bhavanuvada:

No futuro quando exiba teu aspecto aisvarya mostra-me unicamente teu nara-lila, a forma Vasudeva-nanda que eu vi antes. Manifeste a forma que personifica a rasa suprema e confere bem aventurança aos olhos de minha mente; Essa forma que não é adrsta-purva (nunca antes vista). O aisvarya de tua forma universal que á parte do teu passatempo divino não é muito atrativo para os olhos da minha mente. Com essa intenção em sua mente Árjuna diz: “ Da-me por favor o darsana da forma que vi antes e que leva um elmo divino feito de jóias. Desejo ver a forma que mostras-te a teus pais e no momento de teu nascimento.”

Comentário Prakasika-vrtti:

O Svarupa de Krishna é de um jovem, um belo ator vestido de pastor com uma flauta em suas mãos. Está é a forma eterna de Krishna. Ainda que seja a personificação do madhurya, o aisvarya também está presente Nele. Matou a Putana quando era tão somente um menino pequeno, entretanto teu comportamento como menino não foi opacado pela manifestação de sua aisvarya. O aisvarya consiste no esquecimento das atividades dos passatempos como humano nara-lila e a manifestação do aisvarya bhava. No momento de seu nascimento Senhor Krishna apareceu para Vasudeva e Devaki com belas vestimentas e ornamentos, sobrepassando assim as atividades de um menino humano. Sendo assim se denomina aisvarya-maya-lila.

Logo depois de ver a forma universal, ele pediu para ver a forma de quatro braços mais familiar e mais propicia para executar o nara-lila. Enquanto executava seus passatempos em sua forma de dois braços Krishna as vezes manifestava sua forma de quatro braços. Os passatempos em Duarka estão tingidos do aisvarya-maiy porém todos os passatempos em Vraja são madhurya-maiy ou naravat.

GLOSSÁRIO

Vaibhava vilasa: formas expandidas dos passatempos opulentos que tem os mesmo atributos do original, porém que são originalmente únicos. Por exemplo, as expansões de 24 horas de Narayana e as distintas formas que sustentam o búzio, o disco, a maça e lótus. Também as expansões de Radhika como as deusas da fortuna.

Narayana

Ttama Jnana: Conhecimento transcedental supremo, relativo a plataforma de uttama bhagavata.

KALYANA KALPATARU sambhanda abhideya prayojana (3,3)

Sendo assim isso deve ser concluido que qualquer coisa que nós vemos neste mundo material é um reflexo pervertido de Vaikuntha. A existência e variedades da morada de Vaikuntha é sem faltas enquanto todas as coisas neste mundo material é cheia de faltas.”

FRASE DO DIA

Ainda que o conhecimento das glórias do cantar dos Santos Nomes seja imperfeito, eu alcançarei a perfeição cantando os Santos Nomes.” Autor desconhecido.

SESSÃO ACHARYA Gurudeva Atulananda

Gurudeva

O karma muda quando uma pessoa muda, isso é muito simples. Quando uma pessoa se inicia significa que está disposta a seguir a instrução do mestre espiritual e a ser guiado pelos princípios elevados das escrituras. Dessa forma atuamos em akarma, atuamos para Krishna, isso vai mudar nossa vida definitivamente.”

RECORDAR

Qual é a diferença filosófica entre o ponto de vista entre Visvanatha Cakravarti Thakura e Krishna Das Kaviraj Gosvami?

Na opinião de Visvanatha Cakravarti Thakura os três tipos de devotos: Arta, Jijnasu e Artharthi todos tem desejos enquanto que o Jnani não tem. Krishna Das Kaviraj Gosvami escreve que o Arta e o Artharthi tem desejos materiais enquanto que Jijnasu e o Jnani cultivam a classe de piedade que leva a devoção (bhakti umukh sukriti) logo podem abandonar seus desejos e adorar ao Senhor.

SRIMAD BHAGAVATÃM ( 1,13,27)

Descreva as qualidades de um homem de primeira classe.

O homem de primeira classe desperta e compreende seja por si próprio ou através de outros, a falsidade e a miséria deste mundo material e assim abandona o lar e depende plenamente da personalidade de Deus que mora em seu coração.

Comments are closed.